Palavras Proibidas I   
São poucas e são todas, num copo vazio ou a encher, numa expectativa imortal ou na espera falida, no caminho longe sem mãos dadas, uma estendida.
16:55

6 Comments:

Anonymous LUCIANO said...

Desculpe invadir seu espaço. Encontrei seu blog no da Rita Apoena.
Queria pedir para vc fazer uma visita ao meu blog.
AUMENTE O VOLUME e vá até à sala dos famosos "PAPIROS DE ALEXANDRIA"
Música, Literatura, Cinema e Muito Pensamento!
http://papiros.zip.net

11:10 PM, novembro 23, 2006  
Anonymous Enéas said...

Você e seu talento nato de dizer o indizível...

Sempre que vejo tua foto dá vontade de te dar um abraço apertado cheio de uma saudade infinita nunca suprida...

Um dia, você verá... Eu consigo! ;)

Fique em paz, meu querido amigo.

12:42 PM, dezembro 24, 2006  
Anonymous Felícia Lun'azul said...

Onde houver marcas de batom, de dentes, de unhas, onde houver gritos, algazarras e ciúmes, onde houver dezenas de bolsas penduradas, bijuterias e salto agulha, onde houver minissaias, meia-calças ou corpos inteiros, haverá sempre um homem pensando:
MALDITAS MULHERES!

Venha nos visitar!!!

[http://malditasmulheres.blogspot.com]

1:17 PM, janeiro 11, 2007  
Anonymous Anônimo said...

CAMINHOS, ESCOLHAS
INCERTEZAS
DECEPÇÃO
MEDO
A SOLIDAO
O VAZIO
O BRILHO
OLHAR
O GESTO
O RECOMEÇO
ALENTO
CORAÇÃO
SENTIMENTOS
ESPERANÇA
FELICIDADE...

11:34 PM, janeiro 14, 2007  
Anonymous luciano said...

Passei pra dizer que atualizei meus textos no blog

Passe lá, se puder ta? Se puder divulgar aos seus amigos tb, gostaria muito.

Abraços
LUCIANO

PAPIROS DE ALEXANDRIA

http://papiros.zip.net

5:57 PM, fevereiro 27, 2007  
Blogger Ale said...

distancia, admiracao, o nao conhecer, mas com certeza curiosa.
nao sei quando, um dia, nao sei onde, mas gostaria de conhecer esse misterio, q ja me disse, nao ha, mas ainda assim interesse.
nao sei pq

8:07 PM, março 23, 2007  

Postar um comentário

<< Home